Sobre ReIkI

O corpo humano é composto por sistemas (sistema circulatório, sistema respiratório, sistema endócrino, o digestivo, o excretor...) que dizem respeito ao funcionamento e desenvolvimento dos diversos órgãos do corpo e seus inter-relacionamentos. Além desses sistemas, que dizem respeito ao nosso corpo físico, existe o que denominamos Sistema Energético. Trata-se de um sistema complexo, composto de vários pontos, linhas, geometrias, conhecidas como nadis, meridianos, pontos giratórios, chacras, sistema axial, axiatonal, dentre outros. Ele é de natureza elétrica e pulsa por todo o corpo e é o responsável pela manutenção de nossa saúde e por nossa energia vital (energia de vida). Da mesma forma como o sangue deve circular e pulsar por todo o corpo, a energia deve circular e pulsar por todo este sistema. A primeira ciência reconhecida a mapear e sistematizar este sistema foi a Medicina Chinesa.

Por diversas razões, fazemos nós nestes sistemas, a que chamamos de nós energéticos, impedindo o livre fluxo da energia. Sabemos que as células se comunicam entre si, se abrem e se fecham para manter o equilíbrio homeostático, e para saber quais elementos devem ser produzidos e absorvidos para o bem-estar do organismo e o que deve ser eliminado: as toxinas. Estas toxinas, então, são eliminadas através de vários sistemas, tais como o sistema excretor, sistema linfático, dentre outros.

Quando o sistema energético está interrompido, naquela área, o diálogo fica prejudicado e confuso. A região perde força e fica impossibilitada de jogar as toxinas para fora, acumulando-as no sistema e/ou órgão, gerando doenças - Consideramos doenças todo e qualquer desequilíbrio no corpo, desde uma mera irritabilidade ou dificuldade para dormir, até doenças graves como câncer, AIDS, depressão, dentre outras.

Como falamos na sessão anterior, há várias terapias, consideradas terapias complementares pela OMS, que trabalham no equilíbrio do sistema energético, dentre elas: Acupuntura, Reflexologia, Shiatsu, Do-in, Homeopatia, Reiki, Fitoterapia, Florais, Meditação.

Reiki, como ressaltado no parágrafo anterior, é apenas uma dessas terapias, nem melhor nem pior que as demais. Trabalha através das mãos, do sopro, do olhar, em uma primeira instância, ou através da mente, numa segunda instância (o que possibilita o tratamento à distância). Os terapeutas são treinados a perceber, através do toque, o sistema e seus desequilíbrios e a tratá-los, restituindo o livre fluxo da energia. Com o restabelecimento do fluxo energético, o corpo novamente se fortalece e tem condições de jogar as toxinas acumuladas para fora, retornando à sua condição de saúde perfeita, quer se refira à saúde física, mental, emocional, ou espiritual.

Por se tratar de uma terapia que usa das mãos, muitos a confundem com religião. Reiki não está ligado a nenhuma religião, é reconhecido pelo Ministério do Trabalho como Profissão e pela OMS como terapia complementar ao tratamento de saúde. Em muitos países da Europa é, inclusive, coberto pelo Plano de Saúde.

Em diversos Hospitais da Europa e dos EUA, Reiki faz parte dos tratamentos de diversas doenças, tais como câncer, AIDS, depressão, hiper ou hipotensão, dentre outros. É ainda nos EUA onde são realizadas as mais diferentes e o maior número de pesquisas a respeito da eficácia dessa terapia, trazendo como resultados: a comprovação de não se tratar de um efeito placebo; o aumento da imunidade; um relaxamento a nível mais profundo do que a hipnose; a expansão de consciência e do autoconhecimento; o aumento do bem estar físico, emocional e mental; a diminuição do stress; a diminuição dos efeitos colaterais de remédios ou tratamentos tais como quimioterapia, remédios de “tarja preta”, ou medicamentos pesados; o rejuvenescimento das células; a diminuição da dor; a redução do prazo de convalescência de procedimentos cirúrgicos, a diminuição na dosagem de medicação e inúmeros outros.

Por seus efeitos no sistema nervoso e emocional e pelo aumento da disposição e da imunidade, muitos hospitais no mundo oferecem a formação nesta modalidade a seus servidores, de forma a propiciar instrumentos visando a melhoria de sua qualidade de trabalho.

Qualquer pessoa pode aprender a arte de tratar através dessa terapia. A instrução é dividida em etapas, habilitando a aprendizagem da cura dos diversos níveis do corpo, bem como dos diversos bloqueios e seus danos físicos. O Treinamento é dividido em etapas, sendo a primeira etapa destinada a habilitar a pessoa a tratar presencialmente, a segunda etapa a tratar desequilíbrios mentais e emocionais específicos e de forma focada, bem como a ensinar a tratar à distância e uma terceira etapa destinada à formação de Mestres.

Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção Site 7 Dias .'.