ONDE O REIKI SE INSERE

O REIKI é um dos muitos métodos de cura vibracional existentes e disponíveis no mundo atual. Trabalha em todos os níveis: físico, emocional, mental, espiritual.

Segundo Sensei Mikao, em resposta às perguntas que lhe foram feitas sobre este Método de Cura, temos:
“Que problemas de saúde podem ser curados com a ajuda do Usui Reiki Ryoho?
Todas as doenças, sejam elas causadas por fatores psicológicos ou físicos, podem ser curadas com o Usui Reiki Ryoho.
O Usui Reiki Ryoho cura apenas doenças?

Não, não cura apenas doenças do corpo físico. Pode também curar maus hábitos e distúrbios psicológicos como desespero, fraqueza (no sentido de fraqueza de caráter), covardia, dificuldade para tomar decisões e nervosismo.”

Existe um novo gênero de médicos/terapeutas atualmente em vertiginosa expansão, que vê o homem como algo mais do que uma máquina. Partindo do conceito Einsteiniano de que a matéria é uma forma de energia, estes médicos/terapeutas encaram o corpo humano como um modelo instrucional que nos ensina não só sobre nós mesmos, mas também sobre o funcionamento interno da natureza e do universo. Através da rica visão de que os seres humanos são constituídos de energia, começam a compreender novos pontos de vista a respeito da saúde e da doença. Estudam a conexão invisível entre o corpo físico e as forças sutis do espírito, que detém a chave para a compreensão dos relacionamentos internos entre matéria e energia.

A medicina verdadeiramente holística vem buscando adquirir uma melhor compreensão a respeito dos profundos inter-relacionamentos entre o corpo, a mente e o espírito e as leis naturais que regem suas manifestações em nosso planeta.

A medicina vibracional é, pois, um campo em lenta evolução voltado para a compreensão da energia, das vibrações e do modo como elas interagem com a estrutura molecular e o equilíbrio orgânico. Na verdade, ela é a medicina Einsteiniana, já que a famosa fórmula de Einstein nos fez compreender que energia e matéria são uma mesma coisa.

A medicina vibracional, bem como os demais ramos da ciência, busca compreender cada vez mais o misterioso mundo das energias invisíveis, não só para diagnosticar e curar doenças, como também para compreender os potenciais ocultos da consciência.

O nível de energia sutil é o objeto da exploração. O corpo etérico é percebido como um modelo de crescimento energético que dirige não apenas o crescimento e o desenvolvimento, mas também a disfunção e a morte de todos os seres humanos. O corpo etérico é, pois, um modelo ou campo de energia holográfico que contém informações relativas ao crescimento, desenvolvimento e regeneração do corpo físico.

Já que o princípio holográfico estabelece que cada fragmento contém as informações relativas ao todo e que, portanto, cada célula do corpo humano contém na forma de DNA as informações genéticas necessárias para a criação de um ser humano completo, os genes contidos na molécula de DNA controlam os mecanismos moleculares que determinam o desenvolvimento das células individuais e o corpo etérico orienta o desdobramento espacial do processo genético. Por sua vez, o corpo etérico se relaciona com demais patamares sutis em nosso sistema. Interfere nos campos emocional e mental por um lado e por outro lado recebe a influência e as emanações deste campo, que modificam e reestruturam o corpo etérico, numa relação de interdependência entre os diversos campos.

A matéria, tal qual a luz, vibra numa determinada frequência ou frequências. Quanto maior a frequência, menos densa ou mais sutil ela será.

O movimento de força vital para dentro dos sistemas fisiológico/celular é controlado não apenas pelos padrões de interferência sutis existentes no interior dos diversos corpos sutis, como também pela entrada de energia de frequências mais elevadas no sistema energético humano. Segundo o modelo Einsteiniano, energia mais sutil interfere e modifica a energia mais densa.

Dentre as muitas técnicas de Cura Vibracional, algumas delas são:
» Reiki
» Acupuntura
» Balanceamento muscular
» Theta Healing
» Magnified Healing
» Meditação
» Do In
» Shiatsu
» Reflexologia
» Yoga
» Jin Shin Jyutsu
» Sistema de Cura pelas mãos de Barbara Brennan
» Body Talk
» Renascimento
» Reconexão cognitiva

Como objetivo comum, está o equilíbrio do ser humano como um todo, a liberação dos nós de energia que impedem o perfeito fluxo de energia, o devolver ao corpo a memória de funcionamento perfeito.

O que se poderia argumentar aqui é o que diferencia uma técnica de outra? E qual a melhor técnica?

A melhor técnica é aquela que atende às necessidades do momento e que melhor fala ao coração. O resultado de todos os caminhos é o mesmo. Uma vez o sistema de energia equilibrado e fortalecido, o ser se encontra em perfeita harmonia e felicidade.

O que diferencia uma técnica de outra, entretanto, é o foco.

É sabido que a energia segue o que se foca. Assim, dependendo do foco do tratamento, a energia trabalha de forma mais rápida para atingir o objetivo.

Na Fonte todas as energias são iguais. Só existe uma única energia. A que cria, sustenta e permeia todas as coisas, de onde tudo se manifesta e para onde tudo retorna.

Quando se traz a energia desta fonte suprema com uma intenção, ela se veste com a “roupa” desta forma de trabalho.

Assim a energia que expressa a raiva se veste de forma diferente da energia que expressa o amor, embora ambas venham e se originem de uma mesma fonte.

Da mesma forma a energia que se expressa para o tratamento do Reiki se apresenta e se manifesta de forma diferente, em vibração, em forma de trabalho, da energia que se expressa para um tratamento de Magnified Healing, por exemplo, pois o foco e objetivos são diferentes.

Se entendermos a energia e as diversas formas de Terapias Vibracionais desta forma, as disputas dentre os diversos caminhos se anulam, pois se entende que tudo é perfeito para o objetivo, fim e forma a que se propõe. Não existem caminhos melhores ou piores, existem caminhos perfeitos ao objetivo e que melhor são assimilados pelo sistema em momentos específicos.

Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção Site 7 Dias .'.