Falando sobre Reiki

Reiki, sua forma maravilhosa de ser

Falar sobre o Reiki é algo tão majestoso e grandioso que por mais que pudéssemos escrever, ainda seria muito pouco para abranger todas as nuanças e percepções deste caminho. Falar sobre o Reiki é estar imerso num campo maravilhoso de Amor e Luz, sentindo um colo maravilhoso a nos sustentar e nutrir. Falar sobre Reiki é entender um pouco quando uma de minhas alunas se refere a ele como “ um colo de mãe”. Isso é o Reiki. Como a SraChioko (aluna doDrHayashi) dizia: “ o Reiki é um canto de amor, de puro amor…”.

De onde vem este imenso amor e por onde ele vem? O puro amor está no ar, no éter, em nossos corações. O puro amor é a linguagem de nossa divindade, da parte mais elevada de nosso ser. O puro amor é o caminho que abre todas as portas e de tudo que já existe e o que há. O puro amor é a conexão com tudo e com todos, aquilo que rompe princípio e fim, que rompe todas as distâncias e que vence todas as barreiras, unificando tudo e todos no aqui e agora. Isso é Reiki, é energia supraluminal, é amor, é a infinitude.

Reiki é algo por si só tão majestoso e infinito em sua forma e expressão, que nós, seres humanos, ainda tão limitados, exigimos colocar regras, colocar crenças, colocar vestimentas outras. Em sua magnificência, Reiki não necessita de ABSOLUTAMENTE mais nada além do REIKI. Quanto mais simples, quanto mais despido de crenças limitantes, quanto mais expandido em sua ação, quanto mais livre em sua expressão, mais efetivo se torna, mais forte é sentido. Desta forma, Reiki é ilimitado e pode ser utilizado em TODA e qualquer situação, em todos e em tudo, a qualquer momento e em qualquer lugar.

Reiki não tem NENHUMA contra indicação. Por quê? Porque Reiki é a energia do Espírito (ver a explicação sobre okanji do Reiki) e o Espírito (ou energia cósmica, ou fonte, ou o puro amor, qualquer seja o nome que você dê à energia) não aceita ABSOLUTAMENTE nada que seja desequilíbrio, não aceita ABSOLUTAMENTE nada diferente da perfeição e da Luz mais pura que há. O Espírito tudo sabe, tudo vê, tudo contém e, portanto, ele JAMAIS faz algo que seja ameaçador, destruidor ou que possa gerar qualquer problema, em qualquer nível, ao ser objeto de sua recepção. Reiki é fonte de Puro Amor, e o Amor não fere, não mata, não causa danos. O amor liberta, sustenta, nutre, cura e constrói um mundo melhor.Apenas isto.

As limitações, as dificuldades são todas elas criadas por nós mesmos, por nossos medos, por nossas próprias limitações.
Sabemos que um sistema energético forte é capaz de realizar muitas coisas. É lei da física (Grata a Einstein por comprovar isto!!!!) que um sistema mais forte interfere e modifica um sistema mais fraco. À medida que fortalecemos nosso próprio sistema, vamos fortalecendo todos os níveis de nosso ser: o emocional, o mental, o espiritual e por fim o físico, como consequência e reflexo dos demais níveis trabalhados. Isso gera para nós um campo eletromagnético mais forte e expandido. Gradativamente vamos alcançando degraus mais profundos de cura em nosso interior e degraus mais elevados dos campos magnéticos ao nosso redor. Nosso sistema sai do eletrostático (parado, fadado à morte, à destruição, à degeneração) para sistemas eletromagnéticos capazes de se movimentar e alcançar outros sistemas e campos de energia para curar os que estão ao redor de nós, para curar a nós mesmos em níveis mais altos e profundos e para buscar mais e mais nutrição necessária a todos os níveis de nosso ser. Gradativamente vamos nos modificando, primeiro nos corpos emocionais e mentais, abrindo os corpos espirituais epor fim nosso corpo físico ancora todas as mudanças e nos modificamos também fisicamente. Estamos livres das limitações, estamos livres dos problemas, estamos livres da dor.

Campos fortes interferem e modificam campos mais fracos. O que faremos com o nosso campo, passa a ser de nossa responsabilidade. Não tem nada a ver com o fluxo de Reiki. Se queremos usar a força de nossa mente e a força de nosso emocional para curar, criar mundos melhores em nós e ao redor de nós – maravilhoso! Somosalçados a trabalhadores da Luz em nosso planeta. Se queremos estar construindo medos e destruição, também faremos isso com grande mestria. Mas não é o Reiki quem faz… somos nós e nossos campos fortes quem opta por um ou outro caminho.

Por graça maior, à medida que o Reiki vai nos trabalhando e modificando as travas em nosso interior, todos os nós em todos os nossos campos vão se desfazendo, permitindo que a energia flua livre e fortemente. Isso faz com que todo o nosso circuito de energia se expanda e se ative, voltando a sua forma original (cristalinos, esféricos e unificados – receptores e doadores de energia pura). O centro do coração, ativado e expandido, volta a exercer o seu papel de centro unificador. Todos os demais elementos do sistema se ativam e se expandem religando e reativando partes adormecidas em nós (no nosso coração, no nosso cérebro, no nosso DNA, no nosso sistema de energia). Um mundo novo se descortina. A antiga essência prevalece e renasce em nossa vida e em nossa realidade.

Este é o destino e o objetivo do Reikiano (e também o de todos os caminhos que trabalham os campos de energia). E assim, gradativamente, o amor de nosso centro de conexão maior (nosso coração espiritual) passa a reger nossas ações, emoções, pensamentos e irradiação de energia. Desta forma, quando atingimos um grau de força energética, apenas vibramos no amor e, consequentemente, começamos a optar mais e mais pela construção de um mundo de paz e de alegria amorosa para nós e ao nosso redor.

Interessante observar todo o caminho e toda a transfiguração num ser que usa os instrumentos que adquiriu.
Costumo fazer uma analogia com a musculação física. Se queremos músculos fortes e físicos esplendorosos e fortes, vamos à academia e fazemos musculação todos os dias. Não importa a dor que sentiremos em nosso corpo físico.Importa que vemos rapidamente o resultado em nosso espelho. Se queremos felicidade, se queremos paz, se queremos viver sem medo e na energia da graça, precisamos de sistema energético forte. Para isso precisamos trabalhá-lo todos os dias e quanto mais trabalharmos, mais nosso sistema energético vai nos levar a nos trabalharmos mais e mais , pois ele se nutre e se alimenta destes momentos. Através de nosso trabalho e de nosso foco, vamos desfazendo os nós energéticos, permitindo que a energia flua livremente por todo o seu caminho, possibilitando ao corpo que se auto cure em todos os níveis, até que nos integremos totalmente à energia e ancoremos o espírito em nós e nos tornemos o próprio Reiki, a própria energia.Vivendo e nos nutrindo, na energia do Espírito e Ele passa a reger a vida. Passamos a viver então, num mundo de absoluta graça e absoluta paz. Vibramos apenas no amor e temos tudo de que necessitamos em nossa vida e em nosso caminho.

Assim é o Reiki: simples, prático, seguro, livre, respeitador do nosso tempo,do nosso limite, da nossa capacidade de permitirmos mais e mais felicidade para nossa vida. Quanto mais simples, melhor.

O mais belo neste instrumento é que ele pode ser utilizado e exercitado em todo e qualquer momento da nossa vida. Para isso precisamos apenas das mãos, do olhar, do sopro, da conexão. Reiki é para facilitar o caminho e transformá-lo.É um instrumento para ser utilizado a qualquer momento em qualquer lugar. Algo a ser colocado em sua vida e não algo para complicar sua existência e trazer ainda mais limitações e sofrimento. Reiki é para libertá-lo e fazê-lo fluir na leveza e na alegria. Reiki é vida , é amor, é leveza, é reintegração ao nosso ser integral.

Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção Por: IBS WEB .'.